Dubrovnik 2021 – guia rápido e dicas práticas

Dubrovnik, a Pérola do Adriático, é provavelmente o local mais famoso da Croácia. Como se não bastasse toda a fama que já tinha antes, tornou-se, nos últimos anos, ainda mais famosa por ser o local principal das filmagens da aclamada série Game of Thrones.

Dubrovnik é uma cidade histórica, cidade-estado durante séculos que floresceu com o comércio marítimo, sobretudo entre a República de Veneza e o Império Otomano (turco). As muralhas impressionam à vista: enormes, maciças, grossíssimas, envolvem toda a cidade histórica e é precisamente do alto das muralhas que obtemos as melhores vistas da cidade e do mar envolvente.

 

A cidade histórica

Mas comecemos pelo princípio. Geralmente a entrada na cidade histórica faz-se pela Porta de Pile – a principal, do lado ocidental da cidade – embora também se possa fazer pelo extremo oriental – pela Porta de Ploce – ou pela menos frequente Porta de Buza, a norte.

Ao entrar pela Porta de Pile e entrar na cidade muralhada vai deparar-se imediatamente com a principal rua da cidade – Stradun e a Fonte de Onofrio do lado direito. Por trás desta encontra-se o local onde pode comprar os bilhetes para visitar as muralhas e o Forte de Lovrijenac, que fica fora das muralhas, logo por trás da Porta de Pile. Portanto quando terminar de visitar as muralhas não se esqueça de conservar o ingresso! A entrada custa 200 kunas (26,5€) para adultos e 50 kunas (6,65€) para crianças até aos 18 anos.

Stradun, a rua central de Dubrovnik, na Croácia

 

As muralhas de Dubrovnik

A entrada nas muralhas também se faz nesta zona. Assim que passa a porta de Pile e entra na cidade tem uma pequena cancela do lado esquerdo. Aqui deverá mostrar o ingresso anteriormente adquirido, subir umas escadas íngremes e percorrer os 2 km de muralha, algo que demora cerca de 2 horas a 2 horas e meia. Apenas poderá caminhar em um sentido e deverá ter em conta que por vezes há muita gente nas muralhas e estas são estreitas, pelo que fica difícil progredir. Se não quiser fazer todo o percurso, poderá descer sensivelmente a meio, mas é sem dúvida aconselhável fazê-lo integralmente!

As lendárias Muralhas de Dubrovnik são um ponto obrigatório na visita a esta cidade!

 

Explorando a cidade

Cá em baixo o melhor mesmo é, após caminhar no Stradun (também chamado de Placa), deixar-se levar ao sabor das ruelas e praças que compõem o “miolo” da cidade. Mas antes fique a saber esta curiosidade: até ao século XIII esta que é hoje a rua principal da cidade era um canal!

Os locais emblemáticos são o Mosteiro Franciscano, onde ainda funciona uma das farmácias mais antiga da Europa fundada em 1317, e o Palácio Sponza usado historicamente como alfândega da cidade. A Catedral da Assunção da Virgem Maria é outra das referências. E por falar em templos religiosos dentro das muralhas poderá encontrar toda a diversidade religiosa dos Balcãs: para além das múltiplas igrejas católicas há também uma igreja ortodoxa (Rua od Puca, nº 8), uma mesquita (rua Miha Pracata, nº 3) e  uma sinagoga (rua Zudioska, nº 5)!

Veja ainda o Palácio do Reitor, o Mosteiro Dominicano e a Igreja de São Inácio. Se viu a série Game of Thrones vai reconhecer a escadaria da igreja!

Outra vista do Stradun e centro da cidade histórica de Dubrovnik

 

Terminou na cidade? Miradouro e mergulho no Adriático!

Por último suba à montanha acima de Dubrovnik, onde encontrará o miradouro de Srd. Pode ir de carro ou de ascensor – fica fora das muralhas na rua Kralja Petra Krešimira IV e o bilhete de ida e volta custava 150 kunas (20€) para adultos em 2020. De momento não está operacional devido à pandemia, confirme quando efetuar a visita ou em www.dubrovnikcablecar.com. As vistas para a cidade, o mar e a ilha de Lokrum merecem a visita (foto de capa).

Ah! E se for verão não deixe de dar um mergulho nas convidativas águas do Mar Adriático. Procure uma das praias nas imediações da cidade ou tem outra opção mesmo na cidade antiga. Há 2 bares erguidos nas rochas logo do lado de fora das muralhas e apenas acessíveis por baixo das mesmas indo do lado de dentro da cidade. Um é o Buza Bar e o outro o Bar Mala Buza.

Detalhe do casario de Dubrovnik com a ilha de Lokrum ao fundo

Outra opção é apanhar um barco para a Ilha de Lokrum. Procure os horários e barcos no porto da cidade antiga. Poderá passar um dia inteiro na ilha e entre banhos de sol e mar ainda poderá explorar as suas florestas interiores (com direito a mergulho num lago), mosteiro do séc. XV /XVI e formações rochosas!

Vai visitar Dubrovnik e gostava de fazer um passeio guiado em português? Fale connosco!

Pormenor da Porta de Ploce, em Dubrovnik.

Outras leituras de interesse:

Texto: Into the Balkans

Este sitio es propiedad de la empresa Bússola Flexível Unipessoal Lda, registrada en Turismo de Portugal com el número RNAVT 8882.

Diseño: Joana Figueiredo | Desarrollado por: Sites Sem Espinhas | Copyright: Into The Balkans

¡Suscríbete a nuestro boletín y mantente al día de las novedades!

Gracias por su inscripción.

Pin It on Pinterest

Share This