EXPLORE

A DIVERSIDADE CULTURAL DA REGIÃO

Marechal Tito, o Presidente da Jugoslávia entre 1945 e 1980

Os Balcãs e a ex-Jugoslávia

História! Para perceber esta região e viver plenamente o que tem para oferecer é incontornável entrar na sua história, ainda que de forma superficial. Só assim poderemos perceber porque podemos, numa mesma cidade, encontrar uma igreja católica, uma igreja ortodoxa, uma mesquita e ainda uma sinagoga. Ou porque no Norte tendemos a achar o estilo de vida semelhante ao germânico, na costa mais latino e no interior e sul mais próximo do turco/muçulmano. Estas e outras curiosidades são fruto da confluência de grandes impérios, civilizações, povos, religiões e línguas diferentes. Um autêntico caldeirão de nações.

Os Balcãs são uma península no sudeste europeu que durante a maior parte do século XX foi ocupada no seu lado mais ocidental pela Jugoslávia, sendo também ocupada pela Albânia, Grécia, Roménia e Bulgária.

A Jugoslávia foi um país que nasceu em 1918, com o fim da I Guerra Mundial, construído sobre as cinzas dos Impérios Austro-Húngaro e Otomano (Turco). O desaparecimento destes dois impérios permitiu o aparecimento de pequenos estados onde a maioria da população era de origem eslava, livres do jugo de decisores estrangeiros e que rapidamente se juntaram com o objectivo do Pan-eslavismo, ou seja, juntar num só país as populações eslavas (eslovenos, croatas e sérvios), sem ingerência de potências estrangeiras. Assim surgiu a Jugoslávia (que se traduz como “Eslavos do Sul”).

Após a II Guerra Mundial o país tornou-se um regime socialista e foi dirigido pelo marechal Tito até 1980, altura da sua morte, considerado como um dos grandes estadistas mundiais do século XX. A partir desse momento as diferenças entre as várias nacionalidades e religiões que compunham o país começaram a aparecer, ganhando novo ímpeto no início dos anos 90, com a queda do muro de Berlim e a abertura dos países de leste às ideias democráticas. Nessa altura algumas das repúblicas que constituíam a Jugoslávia quiseram abandonar a federação e tornar-se estados independentes, o que acabou por originar as guerras civis que assolaram praticamente todo o território ao longo da década de 90.

Hoje em dia todos os países resultantes da antiga Jugoslávia estão totalmente pacificados, não oferecendo qualquer perigo para as populações locais nem para os visitantes.

Winston Churchill, célebre primeiro-ministro britânico disse que “os Balcãs produzem mais história que a que conseguem consumir”. É essa incrível história, passada e actual, que queremos que os nossos turistas vivam e disfrutem, como um local.

Este site é propriedade da empresa Talas Travel, agência de viagens nº 33/2015, de direito sérvio.

Design: Joana Figueiredo | Desenvolvido por: Sites Sem Espinhas | Copyright: Into The Balkans

Assine a nossa newsletter e ganhe 50€ de desconto na próxima viagem

Obrigado pela sua inscrição.

Pin It on Pinterest