A igreja de Oplenac, na Sérvia, é integralmente forrada a mosaicos. São 40 milhões!

A igreja de Oplenac encontra-se na vila de Topola e é o Mausoléu da família real Karadjordjevic. Tem a particularidade de, em vez de ter frescos decorando as paredes como é comum nas igrejas ortodoxas, estas serem integralmente decoradas por mosaicos que representam santos, passagens bíblicas ou imagens de outros mosteiros sérvios medievais. São mais de 40 milhões de mosaicos com cerca de 15.000 cores e tonalidades!

A igreja de Oplenac

Localização

Topola é um município no centro da Sérvia e a cerca de uma hora de carro a sul da capital, Belgrado. Foi neste local que Karadjordje, um revolucionário sérvio, foi escolhido como líder na Primeira Revolta Sérvia contra o Império Otomano (turco) em 1804.

As cores de Outono nas imediações da igreja de Oplenac em Topola

O interior da igreja

A igreja de Oplenac

A igreja de São Jorge, também conhecida como Oplenac é o mausoléu da família real da Sérvia (e da Jugoslávia), os Karadjordjević. A igreja foi mandada construir pelo rei Petar I da Jugoslávia, tendo os trabalhos decorrido entre 1910 e 1912. É hoje o Mausoléu onde se encontram enterrados 29 membros de 6 gerações da família real. Incluindo o fundador da Casa, Karadjordje, e o rei Petar I que mandou construir a igreja, ambos na igreja propriamente dita. Os restantes estão sepultados na cripta da igreja à excepção do último membro que faleceu, cujos restos mortais se encontram no exterior, por trás da igreja.

Sepultura dos reis Petar II e Aleksandra da Jugoslávia

Tecto da cripta. As paredes são integralmente decoradas com mosaico

A cripta da igreja onde se encontram 26 túmulos da família real Karadjordjevic

As fachadas da igreja são feitas integralmente de mármore branco e no interior o chão também é composto de mármores de várias cores. Mas o que salta à vista são as paredes maravilhosamente decoradas, fruto de um árduo trabalho de juntar todos os pedacinhos de mosaicos. A cúpula está a 27 metros de altura e tem uma representação de Cristo pantocrator impressionante e de dimensões proporcionais. A figura tem um diâmetro de 9 metros, o dedo mede 1 metro e meio e o nariz 1,20 m. Mas todo o conjunto é harmonioso.

Detalhes dos mosaicos no interior da igreja

Se à primeira vista as imagens parecem os típicos frescos que decoram as igrejas ortodoxas sérvias, um olhar mais atento revela o fantástico detalhe artístico dos mosaicos

Um pouco de história

O enorme candelabro, com 9 metros de diâmetro, é feito de bronze, tendo sido fundidos os restos de armas usadas pelo exército sérvio na 1ª Guerra Mundial (1914-1918) e pesa 1.500 kg. O candelabro tem ainda a particularidade de estar desenhado em forma de coroa invertida, simbolizando o desaparecimento do Império Sérvio medieval na guerra do Kosovo em 1389. Aqui vemos a grande importância que as batalhas e guerras sempre tiveram no moldar da cultura sérvia, dada a natureza bélica da região. A própria localização da Sérvia e da Península Balcânica em geral, num ponto histórico de confluência de diferentes mundos, sociedades e religiões acaba por “arrastá-la” para este tipo de eventos. Se a norte existiu durante décadas a ameaça do Império austríaco, católico e de natureza centro-europeia, a sul, a ameaça do Império Otomano (turco) foi ainda mais real e procurava expandir não só as fronteiras do império como a religião muçulmana e uma cultura própria do Próximo Oriente.

O candelabro e o Pantocrator, uma das representações de Jesus mais comuns da Igreja Ortodoxa

Portanto, os eventos históricos relacionados com o candelabro tiveram resultados diametralmente opostos: se em 1389 a derrota na Batalha do Kosovo ditou o fim do estado sérvio e a ocupação otomana durante 5 séculos, o resultado da 1ª Guerra Mundial foi uma estrondosa vitória (após 4 anos extremamente duros) contra um adversário à partida muito mais forte, tendo resultado no aumento do território sérvio e também na criação de uma grande federação onde habitavam vários povos eslavos, para além dos próprios sérvios, ou seja, a Jugoslávia.

 

Nem só de igreja se faz este passeio!

Para visitar a igreja é necessário adquirir um bilhete (400 dinares, cerca de 3,3€) que permite a entrada em mais 2 locais nas imediações da igreja: uma casa onde habitou o rei Petar I e, um pouco mais distante, no centro da vila, uma pequena igreja com um museu que funciona no antigo aquartelamento militar.

A pequena igreja no recinto do antigo aquartelamento militar e agora Museu

Na antiga residência real há alguns quadros de membros da família real, objectos e documentos de incalculável valor histórico, nomeadamente a declaração de guerra do Império Austro-Húngaro à Sérvia que acabaria por desencadear a Primeira Guerra Mundial.

Declaração de guerra (em francês) do Império Austro-Húngaro à Sérvia e que desencadearia a Primeira Guerra Mundial

 

O documento diz o seguinte: “O governo real da Sérvia, não tendo respondido satisfatoriamente ao Aviso que lhe fora entregue pelo embaixador da Áustria-Hungria em Belgrado no dia 23 de Julho de 1914 [leva a que] o Governo real e imperial se encontre obrigado a providenciar os meios para proteger os seus direitos e interesses, recorrendo, por isso, à força das armas. Assim, a Áustria-Hungria considera-se daqui em diante em estado de guerra contra a Sérvia. O Ministro dos Negócios Estrangeiros da Áustria-Hungria, Conde Berchtold.”

No Museu há algumas fotos, artefactos e outros artigos em exposição relativos à época e aos esforços feitos pelo exército sérvio na 1ª Guerra Mundial.

O passeio vale ainda pela bonita natureza em que a vila de Topola se encontra envolvida. O passeio no Outono oferece as variadas tonalidades desta época como mais um atractivo, para além das famosas propriedades onde se produz o vinho Oplenac, sendo possível efectuar uma degustação!

Uma excelente visita de um dia ou apenas umas horas para quem está em Belgrado!

A pequena caminhada até chegar à Igreja de Oplanac em Topola, na Sérvia

 

Fonte: Wikipedia
Texto: Into the Balkans
Fotos: Into the Balkans. Capa: morethanbelgrade.com

Este sitio es propiedad de la empresa Talas Travel, agencia de viajes nº 33/2015, de derecho serbio.

Diseño: Joana Figueiredo | Desarrollado por: Sites Sem Espinhas | Copyright: Into The Balkans

Suscríbete a nuestro boletín de noticias y gana 50 € de descuento en el siguiente viaje

Gracias por su inscripción.

Pin It on Pinterest

Share This