Slava – a curiosa tradição religiosa que distingue os sérvios dos outros ortodoxos

Slava (Dia do santo padroeiro), é o feriado familiar mais importante, o fundamento da origem e identidade, é uma “marca” religiosa e tradicional dos sérvios. Os sérvios são os únicos cristãos que celebram o “slava”. É a tradição da celebração ritual e da veneração do santo padroeiro de uma família.

Se um sérvio o convidar para ir a sua casa para o Slava, deve considerar tal convite uma honra! Este evento é muito importante entre os sérvios e representa uma tradição que data dos velhos tempos quando os eslavos aceitaram o cristianismo, mas sem renunciar totalmente aos seus antigos deuses pagãos. Esses deuses foram, mais tarde, transformados em santos cristãos. Diz a lenda que este evento marcou o nascimento dos Slava. Celebrar o Slava é uma das características mais importantes da tradição sérvia e está inscrita nas Listas de Património Cultural Imaterial da UNESCO.

Slava – o que é?

Foto de capa: A comida típica de uma celebração de Slava. Foto: Photo: Restorani Beograd / Twitter
Foto acima: o pão típico e a vela. Foto: Photo: Goran Andjelic / wikimedia

O Slava é celebrado anualmente e é transferido de geração em geração. Celebra-se em casa, reunindo familiares e amigos, uma espécie de Natal de determinada família apenas. Os sérvios usam o Slava como uma oportunidade de se reunirem com familiares e amigos que não vêem com muita frequência.

Os filhos homens herdam o santo padroeiro dos seus pais e as mulheres adoptam o dos seus maridos. Alguns santos patronos podem ser ser celebrados duas vezes por ano, o dia principal é chamado Slava, enquanto o dia secundário é chamado de preslava. Slava faz parte da identidade sérvia e todos os sérvios dizem que Slava é um dos dias mais importantes do ano, sendo normalmente mantida a tradição mesmo quando não vivem na Sérvia.

O pão do Slava adornado com motivos religiosos. Foto: serbia.com

Há quatro elementos que precisam de estar sobre a mesa durante o Slava: o bolo Slava, a vela, vinho tinto e trigo cozido, cada um deles representando algo do cristianismo – o bolo de Slava representa o corpo de Cristo, o vinho é o seu sangue, o trigo cozido representa a ressurreição de Cristo e a vela é um símbolo de Cristo como a luz do mundo.

A celebração durante o Slava

Uma mesa recheada com lugar de destaque para o pão típico do Slava. Foto: credits: orthphoto.net

A família que celebra geralmente prepara uma enorme festa com muita comida, como sarma (rolinhos de couve com carne e arroz dentro), porco assado e cordeiro, seguida de salada russa e confeitarias.

Bebe-se vinho, cerveja e rakija (aguardente, um produto muito popular na Sérvia) e bebe-se bastante! Este é o momento em que toda a família se reúne e mesmo quem celebra o mesmo santo padroeiro costuma ir ao Slava dos amigos mesmo que apenas por alguns minutos.

Algumas celebrações de Slava são feitas apenas com alimentos que são inteiramente produzidos sem ingredientes animais – excepto peixe ou frutos do mar. Estes alimentos chamam-se de “posno”, e inclui doces que também são obrigatoriamente feitos sem ovos e laticínios. Outras, no entanto, são feitas de carne, ovos e laticínios, dependendo da época em que se realiza e do período de abstinência.

 

Os Slavas mais comuns

São Sava. Foto: wikimedia

Estes são apenas alguns dos santos padroeiros e seus dias: São Nicolau (Nikoljdan, 19 de dezembro), São Jorge (Đurđevdan, 6 de maio), São João Batista (Jovanjdan, 20 de janeiro), São Demétrio (Mitrovdan, 8 de novembro), São Miguel (Aranđelovdan, 21 de novembro) e São Sava (Savindan, 27 de janeiro).

É interessante notar que também as cidades, organizações, empresas, escolas e outras instituições podem ter os seus santos patronos e celebrar o Slava. Por exemplo, todas as escolas na Sérvia celebram o São Sava como seu santo padroeiro.

Portanto, se acabou de conhecer alguns sérvios e eles o convidarem para o Slava deles, tenha em mente que é uma grande honra. Leve uma garrafa de vinho e prepare-se para um dia bem passado com comida saborosa e pessoas amigáveis!

A abertura do pão. Foto: serbia.com

Outras leituras de interesse:

In: serbia.com e slavorum.org
Tradução e adaptação: Into the Balkans

Este site é propriedade da empresa Talas Travel, agência de viagens nº 33/2015, de direito sérvio.

Design: Joana Figueiredo | Desenvolvido por: Sites Sem Espinhas | Copyright: Into The Balkans

Assine a nossa newsletter e ganhe 50€ de desconto na próxima viagem

Obrigado pela sua inscrição.

Pin It on Pinterest

Share This