6 passeios de um/dois dias a partir de Dubrovnik

Recentemente sugerimos uma escapada à ilha de Korcula para quem está em Dubrovnik e tem um ou dois dias livres. Mas há muito mais opções! Apesar de ficar “numa ponta” da Croácia, a cidade acaba por ser uma plataforma para os turistas na região, sendo muitas vezes a porta de entrada, ou o destino final das férias, sobretudo para quem chega/parte de avião.

Assim, com algum tempo livre e bom planeamento é possível visitar outras cidades e até países de forma rápida… Afinal de contas Dubrovnik está a apenas 12 km da fronteira com a Bósnia e Herzegovina ou 39 km do Montenegro!

Kotor, Montenegro – 92km / 2 horas

A cidade de Kotor, situada num dos recantos da Baía de Kotor é um dos principais locais a visitar no pequeno país. A cidade encontra-se estrategicamente num local de difícil acesso, quer por terra quer por mar. Nos confins da Baía e rodeada de enormes montanhas é realmente uma cidade de beleza ímpar onde a situação geográfica fala por si só: de qualquer ponto da cidade vemos mar, montanha e céu.

Kotor é Património da Humanidade da UNESCO o que por já garante que a viagem não é em vão. Para os turistas mais destemidos recomenda-se a subida às muralhas da cidade, construídas sobre a enorme montanha. A subida é difícil, mas a vista compensa!

A vista das muralhas para a cidade de Kotor com as montanhas e o mar como pano de fundo

Para chegar à cidade é necessário percorrer praticamente toda a Baía. O cenário é lindíssimo e de verão muito convidativo a banhos. Pelo caminho poderá efectuar uma paragem nas vilas de Herceg Novi ou Perast para um café, uma fotografia e um mergulho! Se quiser encurtar caminho (ou um caminho alternativo no regresso a Dubrovnik) poderá apanhar um ferry boat entre Kamenari e Lepetane. O ferry parte a cada 15 minutos, 24 horas por dia entre Maio e Outubro e demora apenas cerca de 5 minutos! Entre Novembro e Abril também sai a cada 15 minutos, excepto entre a meia-noite e as 6 da manhã, saindo aproximadamente um barco a cada hora e em cada sentido. Para além disso a travessia não sai cara: grátis para os passageiros, 4,5€ para carros e 9 € para carrinhas, vans ou autocarros até 20 passageiros. Para preços de outras modalidades de transporte envie-nos um email.

A Baía de Kotor

Kotor é ainda um bom ponto de partida para um passeio de barco na Baía. E há imenso para ver… Praias remotas, ilhas e ilhotas com fortalezas e pequenas capelas, grutas com água azul e límpida!… Quem não gosta de um bom passeio de barco no verão!? Há várias opções, geralmente com duração de 2 a 5 horas. Contacte-nos para uma excursão pela Baía adaptada à sua disponibilidade!

Com tanto para fazer e ver talvez o melhor seja mesmo pensar em ficar uma noite por estas bandas 😊

Mostar, Bósnia – 130 km / 2 horas e meia

Mostar já dispensa apresentações. O seu centro histórico marcadamente turco/otomano onde se destaca a Ponte Velha é o cartão postal do país. A proximidade a Dubrovnik e a classificação pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade fazem da cidade um destino de eleição.

Stari Most, a Ponte Velha de Mostar

Para além de deambular pelas ruelas da zona histórica da cidade e tirar a foto da praxe na ponte, poderá ainda assistir aos saltos para o rio se tiver a sorte de apanhar algum bravo bósnio (ou estrangeiro) a arriscar a queda livre de 24 metros.

Entre nalguma das mesquitas e casas típicas da cidade… A história da cidade e da região conta-se nestes edifícios e monumentos que assistiram à chegada e ida do império otomano, à permanência da religião muçulmana e à partilha da cidade e história com os croatas (católicos) que por aqui também habitam.

As vistas da Ponte

Mas a visita à cidade vale também pela viagem até lá. Pelo caminho encontrará a vila de Pocitelj que é de paragem obrigatória. Um amontoado de casas numa colina de frente para o rio Neretva com um castelo lá no alto, de visita obrigatória. Esta vai ser uma das fotografias das suas férias, e nem sequer contava com ela!

A vila de Pocitelj é uma jóia da arquitectura otomana e mediterrânica

Se optar por efectuar uma visita de 2 dias poderá ainda efectuar visitas a vários locais, todos nas proximidades:

  • as cascatas de Kravica, onde poderá nadar num cenário lindíssimo

Kravica

  • Blagaj: a nascente do rio Buna com o seu mosteiro de 1520 construído com elementos da arquitectura otomana e estilo mediterrânico e um castelo nas imediações.

Blagaj

  • Medjugorje, um local de peregrinação católica onde supostamente ocorreram as últimas aparições da Virgem Maria a 6 crianças, em 1981.

Comemorações do 25º aniversário das aparições de Medjugorje

Split, Croácia – 230 km / 3 horas

Split é a segunda maior cidade da Croácia, após a capital Zagreb, e a mais importante da costa adriática. É, também, Património Mundial da Humanidade da UNESCO e a cidade histórica tem o seu epicentro no Palácio de Diocleciano, antigo imperador romano, que ali mandou erigir um palácio para quando se retirasse, no século IV a.C., mas a localidade tem origem anterior, já era um local habitado por navegadores gregos.

A cidade tem ainda uma frente marítima (chamada de Riva) cheia de cafetarias, restaurantes e esplanadas para onde a cidade converge. Vale realmente a pena caminhar descontraidamente por aqui, ver e deixar-se ver!

Split e o passeio marítimo (Riva)

Split é ainda um hub para toda a costa adriática e um excelente ponto de partida para algumas das famosas ilhas croatas, como a de Hvar, necessitando para tal de vários dias.

Se apenas tem um dia o melhor mesmo é desfrutar da cidade e talvez tenha ainda tempo para fazer uma ou duas paragens (vindo de Dubrovnik):

  • Parar numa das praias da zona de Makarska, como a de Brela, para um mergulho

Praia de Podrace em Makarsk

  • Visitar a cidade de Omis com as suas incríveis montanhas

Vista da vila de Omis com a paisagem natural que a rodeia

Uma rua no centro histórico de Omis

Com mais tempo poderá também visitar a pequena cidade de Trogir, poucos kilometros a norte de Split. Tem a particularidade de ser uma ilha bem pequenina, situada a poucos metros da costa croata e da ilha de Ciovo do lado contrário, mas de ser (mais uma vez!) Património da Humanidade da UNESCO. É que a Croácia é realmente um país riquíssimo em cidades históricas e cultura “à beira-mar plantadas”!

Trogir

Outra opção de 1 dia seria a visita, por exemplo, à ilha de Brac, nomeadamente a Bol, com a sua famosíssima praia de Zlatni Rat. Há barcos a sair de Split que demoram cerca de 1 hora a fazer o trajecto, mas neste caso só para passageiros. Se quiser ir com carro terá que ir de Split para Supetar (50 minutos) e depois atravessar a ilha de carro (cerca de 40 miutos).

A praia de Zlatni Rat

Vale a pena informar que apesar de o ponto de partida (Dubrovnik) e destino (Split) serem na Croácia é necessário fazer uma breve passagem pela Bósnia pois a zona de Dubrovnik fica numa espécie de enclave. Isto pode fazer a viagem demorar mais pois há que sair da Croácia e voltar a entrar, ou seja passar por 2 fronteiras. Os cidadãos da União Europeia apenas precisam de um Bilhete de Identidade ou Cartão de Cidadão válido enquanto que os cidadãos brasileiros precisam de passaporte válido, mas não de visto. A mesma informação é válida para entrar no Montenegro.

Korcula, Croácia – 120 km / 2 horas e meia

A visita a Korcula foi detalhada neste post. Atenção, o trajecto é obrigatoriamente feito por ferry boat, numa curta travessia entre Orebic e Korcula que demora 15 minutos e que tem saídas de hora a hora.

Korcula, © Pedro Grifol

Ilha de Mljet, Croácia – 70 km / 2 horas e um quarto

A ilha de Mljet tem uma infinidade de locais a visitar! É o Parque Nacional de Mljet no lado mais ocidental da ilha, com a pequena ilha e Mosteiro de Santa Maria; as incríveis muralhas e salinas de Ston; e claro, as paisagens e possibilidades de banhos!

Ilha de Santa Maria, no Parque Nacional de Mljet

Tudo isto está relativamente perto de Dubrovnik. De carro vá para norte até Prapratno, onde deverá apanhar o ferry boat para Sobra, já na ilha. O trajecto demora 45 minutos e há 5 saídas por dia para cada lado. Tem a vantagem de se poder deslocar pela ilha mais facilmente. No entanto, se preferir deixar o carro na garagem vá directo de Dubrovnik para Sobra. No verão há várias saídas por dia, no inverno apenas uma.

Trsteno Arboretum, Croácia – 20 km / 30 minutos

Aqui praticamente não chegamos a sair de Dubrovnik. No entanto este é um excelente destino para amantes de flores… e da série Game of Thrones onde algumas cenas da 3ª e 4ª temporada foram rodadas!

O Arboretum onde foram gravadas algumas cenas de Game of Thrones

O Arboretum é um jardim botânico renascentista que recebeu as primeiras flores em 1492 e é um agradável passeio, cheio de paisagens e recantos onde tirar fotos que renderão muitos likes no Instagram!

A partir de Dubrovnik (ou King’s Landing para os fãs da série!) siga para norte ao longo da costa.

Está em Dubrovnik e quer conhecer melhor a região? Fale connosco para organizarmos o seu passeio à medida ou para informarmos as melhores visitas e quais os parceiros com quem explorar este recanto dos Balcãs!

Texto: Into the Balkans

Fotos: Into the Balkans, http://dreamindalmatia.com, jetsettingfools.com, pinterest.co.uk, http://auratur.com.br, www.hola.com, www.croatiaweek.com (photo: Ivan Bagic), http://pictures.4ever.eu, www.blueskytraveler.com, www.medjugorje.ws, © Pedro Grifol

Este site é propriedade da empresa Talas Travel, agência de viagens nº 33/2015, de direito sérvio.

Design: Joana Figueiredo | Desenvolvido por: Sites Sem Espinhas | Copyright: Into The Balkans

Assine a nossa newsletter e ganhe 50€ de desconto na próxima viagem

Obrigado pela sua inscrição.

Pin It on Pinterest

Share This