FAQ’S

PERGUNTAS FREQUENTES

Tire todas as suas dúvidas

Estas são as dúvidas mais comuns sobre a região e as nossas viagens. Se tiver outras questões por favor envie um email para contacto@intothebalkans.com.

O que são os Balcãs?

Os Balcãs são uma península no Sudoeste Europeu, composta por vários países. Apesar de não haver um consenso claro, normalmente estes são considerados: Eslovénia, Croácia, Sérvia, Bósnia e Herzegovina, Macedónia, Montenegro, Kosovo, Albânia, Grécia, Roménia, Bulgária e a parte europeia da Turquia.

E que países integravam a Jugoslávia?

A Eslovénia, Croácia, Sérvia, Bósnia e Herzegovina, Macedónia, Montenegro.

E o Kosovo? Também era parte da Jugoslávia?

O Kosovo era uma região autónoma pertencente à República da Sérvia. No entanto esta região declarou unilateralmente a sua independência da Sérvia, não tendo este movimento sido reconhecido pela mesma (que ainda considera o Kosovo como uma região do seu território). A nível internacional muitos países reconheceram esta independência mas muitos outros não o fizeram pelo que o estatuto da região não está totalmente esclarecido.

Independentemente das discussões relativas a este assunto, se neste site mencionarmos a região do Kosovo de forma isolada será apenas por uma questão prática

Sei que nos anos 90 houve algumas guerras na ex-Jugoslávia mas não me lembro bem deste período. O que aconteceu?

A resposta a esta pergunta é complexa! De forma muito resumida, a Jugoslávia era uma federação composta por várias repúblicas, nações, povos, línguas e religiões. Nos anos 90, algumas dessas repúblicas quiseram abandonar a federação e constituir países independentes. Isto levou ao conflito em várias regiões devido às diferentes vontades que tinham as várias comunidades que habitavam o mesmo espaço geográfico.

Mas como é que isso aconteceu? Não tinham vivido pacificamente até aí?

Tinham. Mas os eventos dos anos 90 não podem ser vistos de forma isolada. Para perceber o que aconteceu temos que mergulhar na história vastíssima que esta região sempre produziu, nos diferentes impérios que a colonizaram e perceber que esta região sempre foi o ponto de encontro entre o Ocidente e o Próximo Oriente.

A Jugoslávia foi um país criado após a I Guerra Mundial que procurou agrupar num só estado todos os povos eslavos do sul da Europa, que até então tinham estado, na sua maioria sobre a alçada do império austríaco e otomano (turco). Ao formar-se este novo estado diferentes povos, religiões e culturas foram colocados sobre um mesmo tecto, alguns do quais rivais no passado.

No pós II Guerra Mundial o Marechal Tito liderou o país e conseguiu levar a uma efectiva “irmandade e unidade”, no entanto, após a sua morte em 1980, a unidade entre os diversos povos começou a enfraquecer. A queda do Muro de Berlim, em 1989 e consequente fim dos regimes socialistas na Europa Central e de Leste levou a alterações radicais nestes países, tendo como expoente máximo a busca da liberdade e de regimes democráticos.

Todas estas alterações num estado multinacional como era a Jugoslávia levaram às tais perspectivas diferentes em relação ao futuro, o que originou os conflitos armados. Esteve em causa sobretudo a vontade de permanecer na federação Jugoslava ou de seguir um caminho independente.

A região ainda é perigosa?

Não, de maneira nenhuma!

A região está totalmente pacificada, não oferece qualquer perigo para os locais ou turistas. Recomenda-se no entanto cordialidade e respeito pelos hábitos de cada região e religião.

Mas Bósnia e Sérvia (incluindo a região do Kosovo) ainda me soam a países estranhos e/ou perigosos...

Mas não são, é uma ideia errada! Nos anos 90 foram notícia bastantes vezes pelos piores motivos mas agora se vive-se com normalidade.

Venha conhecer, prometemos uma agradável surpresa! É impossível ficar indiferente a esta região depois de vir pela primeira vez!

Como são as pessoas? São simpáticas com os turistas? E os sérvios em particular? Sempre ouvi dizer que eles foram os responsáveis pelos acontecimentos dos anos 90.

As pessoas são muito simpáticas por toda a região e gostam de receber os turistas. Sobretudo quando um estrangeiro sabe 1 ou 2 palavras nos idiomas locais! Em alguns países onde o turismo é menos comum, as pessoas são muito prestáveis e esforçam-se bastante por fazer os turistas sentir-se bem e apreciar o seu país!

Quanto ao papel dos líderes políticos sérvios nos eventos dos anos 90 deixamos ao juízo de cada um. No entanto não é de mais alertar para a excessiva demonização que a imprensa internacional fez deste povo, tendo todas as partes envolvidas uma parte da responsabilidade.

Ultrapasse o preconceito e surpreenda-se com este povo hospitaleiro, divertido e pronto para disfrutar do melhor que a vida tem para oferecer!

Como são organizadas as viagens?

Na Into the Balkans não pretendemos ser apenas mais um operador turístico a vender viagens nesta região. Não somos uma agência de viagens tradicional onde se visitam muitos locais em poucos dias.

Conhecemos a região como provavelmente poucas pessoas e empresas conhecem em Portugal. Por isso apenas trabalhamos estes destinos. Assim garantimos que quem viaja connosco terá uma experiência única e poderá visitar destinos que não encontrará noutras agências. Contamos com uma rede de parceiros locais que nos ajuda a tirar o máximo proveito das nossas viagens. Pretendemos mergulhar de cabeça na região e não apenas observá-la de fora!

Este site é propriedade da empresa Talas Travel, agência de viagens nº 33/2015, de direito sérvio.

Design: Joana Figueiredo | Desenvolvido por: Sites Sem Espinhas | Copyright: Into The Balkans

Assine a nossa newsletter e ganhe 50€ de desconto na próxima viagem

Obrigado pela sua inscrição.

Pin It on Pinterest